Mostrando postagens com marcador Organizações Ambientais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Organizações Ambientais. Mostrar todas as postagens

NÚCLEO AMIGOS DA TERRA

Amigos da Terra

O Núcleo Amigos da Terra/Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), dedicada à proteção do meio ambiente e à promoção do desenvolvimento com sustentabilidade e justiça social.

Com quarenta anos de atividades ininterruptas, constitui uma das mais antigas organizações ambientalistas do Brasil. Foi fundada em 1964, com o nome de Ação Democrática Feminina Gaúcha (ADFG), dedicando-se à promoção da cidadania, através de programas sociais e educacionais, inicialmente dirigidos a mulheres, prioritariamente àquelas de baixa renda. Em 1974, ampliou o seu foco de atuação, quando criou o departamento de Ecologia da Entidade, estando, desde então, à frente das principais lutas ambientalistas.

Foi convidada, em 1981, a associar-se à Federação Amigos da Terra Internacional (Friends of the Earth International-FoIE), com Escritório na Holanda, tornando-se, desde então, membro da Federação no Brasil. É a partir deste momento que abre o seu quadro social a membros masculinos, passando a se chamar ADFG/Amigos da Terra. Mais tarde, em 1998, não sendo mais os direitos femininos o seu principal foco de atuação, mesmo que tenha mantido a mesma linha de ação, passa a se chamar Núcleo Amigos da Terra/Brasil (NAT/BR). Continua, porém, sob a nova sigla, seu trabalho militante e de porta-voz do movimento ecologista perante os mais reconhecidos foros nacionais e internacionais.

ASSOCIAÇÃO DE PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE DO VALE DO ITAJAÍ - APREMAVI

Associação de Preservação do Meio Ambiente do Alto Vale do Itajaí (Apremavi)

Há 18 anos atuando em Santa Catarina, a Apremavi é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, de fins não econômicos, com a finalidade de trabalhar pela defesa, preservação e recuperação do meio ambiente, dos bens e valores culturais, em busca da melhoria da qualidade de vida humana no âmbito do Bioma Mata Atlântica.

Suas atividades estão estruturadas em seis programas: Planejamento de Propriedades e Paisagens, Conservação da Biodiversidade, Informação e Educação Ambiental, Políticas Públicas, Ação Climática e Gestão e Desenvolvimento Institucional.
graphic
A sede se encontra na cidade de Rio do Sul (a cerca de 80 km da cidade de Blumenau), e o viveiro de mudas de árvores nativas, Jardim das Florestas, onde são produzidas mais de 600.000 mudas por ano, na cidade de Atalanta (a 20 km de Rio do Sul).

INSTITUTO ECOFUTURO

Ecofuturo

A Ecofuturo é uma organização não-governamental criada em 1999 e qualificada como OSCIP. Atua em parceria com outras instituições, empresas, poder público, universidades e sociedade civil nas áreas de educação e meio ambiente. Seus patrocinadores e parceiros têm comprometimento com a missão e a causa da entidade. Tem como missão promover a educação para o protagonismo e como visão a integração entre o homem e a natureza. Atua pelas causas da sustentabilidade e inclusão social nas áreas de Educação e Cultura & Meio Ambiente. A meta da Ecofuturo é potencializar soluções socioambientais, fortalecendo o caminho do desenvolvimento sustentável no Brasil.

FLORA BRASIL

Flora Brasil

A Flora Brasil foi fundada em 1997 em Santa Cruz Cabrália (BA) e hoje tem sede em Itamaraju (BA). Tem como objetivo principal buscar soluções ecologicamente viáveis para problemas socioambientais da região do Extremo-Sul da Bahia, na perspectiva de uma sociedade local e global mais justa e sustentável. Vem atuando principalmente com populações tradicionais e pequenos produtores dentro e no entorno de áreas protegidas. Conta hoje com 29 associados efetivos e 8 colaboradores. O Conselho Deliberativo é composto de 5 associados efetivos e elege seu Presidente. Tem quadro técnico permanente, composto de 2 biólogos, 2 engenheiros agrônomos, uma educadora ambiental e um técnico agrícola, além de dois estagiários para funções administrativas.

INSTITUTO FLORESTA VIVA

Floresta Viva

O Instituto Floresta Viva é uma instituição civil e sem fins lucrativos, que tem como principal finalidade promover o desenvolvimento humano e a conservação dos recursos naturais na região do entorno da Serra do Conduru, Sul da Bahia.

O instituto nasceu de um programa do IESB, entre 2000 e 2003, convertendo-se em instituto a partir de 2003. Teve sua origem a partir da experiência socioambiental inovadora, que durante dois anos, através do Programa Floresta Viva, trabalhou aliando proteção dos remanescentes florestais da Mata Atlântica, com a inclusão social dos agricultores familiares que habitam a Área de Proteção Ambiental Itacaré/Serra Grande, no Estado da Bahia – região com a maior diversidade biológica do planeta e com um dos piores indicadores socioeco-nômicos do país.