Mostrando postagens com marcador Natureza. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Natureza. Mostrar todas as postagens

Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã

Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã

Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã
Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã
Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã
Tam Coc (Ninh Binh) | Vietnã
Tam Coc (Ninh Binh) | VietnãTam Coc (Ninh Binh) | Vietnã

www.megatimes.com.br
www.geografiatotal.com.br

Lindas Paisagens Para Apreciar

Natureza, Leis Naturais da Natureza

Natureza, Leis Naturais da Natureza

#Natureza, Leis Naturais da Natureza

Natureza é o conjunto dos seres naturais, isto é, não criados pela mão do homem. O natural, portanto, se opõe ao artificial, elaborado e criado pelo ser humano. No entanto, o próprio homem, como ser vivo, está sujeito às leis naturais e é resultado da conjunção dessas leis, ao mesmo tempo em que está imerso na natureza. Esse fato, evidente para as culturas primitivas, antigas e atuais, tem sido de certo modo esquecido no mundo contemporâneo tecnológico e urbanizado.

O estudo da Terra e dos seres vivos denominou-se história natural desde a época dos romanos, quando Plínio o Velho publicou, em 37 volumes, sua Historia naturalis. No século XIX, quando se assentaram as bases do método científico e se instituiu uma nova terminologia, o termo caiu em desuso. Como campo de estudo para o homem, no entanto, a natureza não se restringe à ciência, mas também é objeto de reflexão filosófica.

Origem da filosofia natural - O homem primitivo estava à mercê da natureza e a ela subjugado, mas se sentia também seu filho, e como tal se relacionava com o meio. Laços mitológicos profundos ligavam-no a esse ambiente, como comprovam manifestações totêmicas observadas em várias culturas. O instinto de sobrevivência e a curiosidade impeliram o ser humano a estudar o meio que o cercava e a resolver a seu modo as questões e a inquietação que o enigmático e ameaçador mundo natural lhe suscitavam. Assim surgiram os mitos, as artes e o conhecimento empírico dos acontecimentos e fenômenos naturais. Ciclos e ritmos, vida e morte, sucessão das estações, dia e noite constituíram as referências e linhas que guiavam a atividade do homem primitivo e que nele geraram o senso de medida e a intuição de arraigadas leis naturais, às vezes esboçadas em relatos e lendas de caráter mitológico.

A filosofia oriental, cujos expoentes máximos se encontram nos Vedas (textos sagrados hindus) da Índia e nos princípios do budismo e do taoismo, sempre concebeu o homem como um ser não só plenamente integrado à natureza, mas com ela coincidente em sua essência. De fato, para o hinduísmo, Atman, o ser mais profundo do homem, é Brahma, o absoluto. Brahma e Atman são um ser único, e Atman é o reflexo de Brahma percebido pela mente humana.

Outros foram os caminhos da filosofia ocidental. Os pré-socráticos partiram do conceito de physis ou natureza como o campo de observação sobre o qual se interroga e especula, mas de uma posição de observadores independentes dela. Mais tarde, o pensamento judaico-cristão acentuou e enfatizou o papel preponderante do homem na natureza, de acordo com o mandato divino expresso no Gênesis: "Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a." O desvirtuamento do sentido original dessa doutrina, utilizada mais como justificativa de uma atitude pouco racional e claramente egoísta em relação à natureza do que como princípio orientador aplicado com inteligência e sob a luz dos ensinamentos bíblicos, constitui sem dúvida uma das causas do tratamento que o homem tem com frequência dispensado ao meio que o cerca. Essa tendência se reforçaria ao longo dos séculos, principalmente com a expansão e o desenvolvimento das sociedades europeias, até atingir seu auge a partir do advento da revolução industrial.

Para efeitos práticos, a natureza foi considerada como objeto de conquista, dominada e remodelada segundo as exigências do crescimento econômico e do poder político. A expansão da agricultura, o aumento populacional, a exploração de novos territórios, a necessidade de matérias-primas para alimentar a indústria e a formação de impérios coloniais foram alguns dos fatos que estabeleceram em escala mundial um novo tipo de relação entre o homem e a natureza.

Leis naturais e método científico - O domínio da natureza ocorreu paralelamente ao conhecimento das leis naturais. Com o Renascimento, a especulação filosófica e a concepção de mundo dos gregos antigos ganharam vigoroso impulso, o que estimulou o desejo de saber e de experimentar e devolveu ao homem a confiança em sua capacidade para buscar e descobrir por si mesmo a verdade e superar as afirmações sustentadas por tradições ou dogmas. Assim, com base na experiência e na observação dos fenômenos naturais, surgiu o método científico.

Da primitiva filosofia natural, que englobava os mais variados ramos do saber, foram aos poucos se destacando diversas disciplinas que o trabalho de pesquisa progressivamente dotou de entidade e conteúdo próprios e que finalmente se constituíram nas diversas ciências. A partir de então, o conhecimento da natureza se atomizou e cada ciência se ocupou de uma parcela dele. Assim, o que se ganhou em especialização se perdeu no que diz respeito à compreensão global e integrada da natureza. Esse processo contribuiu para que a intervenção humana com objetivos parciais se tornasse globalmente destruidora e agravasse as múltiplas contradições que envolvem a concepção fragmentada do meio natural e das relações do homem com ele.

Progressivamente, o homem substituiu seu meio natural por outro, produto de seu trabalho e de sua inteligência. Esse mundo artificial em alguns casos o afastou de tal maneira do mundo natural que fez com que o homem perdesse o sentido de seu verdadeiro lugar na natureza. Por isso, muitas vezes o homem intervém cegamente nos delicados sistemas naturais, nos quais tudo está inter-relacionado, e provoca graves alterações de equilíbrio.

Assim, definem-se problemas que, por sua abrangência e intensidade, afetam a humanidade como um todo e obrigam-na a enfrentar de forma contundente questões como o crescimento demográfico, a utilização dos recursos naturais, a ação sobre os ecossistemas, o impacto da indústria etc. Diante desses e de muitos outros problemas igualmente prementes, têm surgido várias soluções, que vão desde a adoção de tecnologias alternativas de menor impacto ambiental e medidas de controle de natalidade nos países em que a superpopulação constitui a mais grave dificuldade, até a avaliação dos custos ecológicos do desenvolvimento e um novo questionamento de alguns objetivos e metas políticas e socioeconômicas.

www.megatimes.com.br

CRIATURAS DAS PROFUNDEZAS DO MAR

Criaturas das Profundezas dos Mares e Águas viva do Ártico

Criaturas das Profundezas do Mar

Criaturas do Mar
O peixe fantasma goby (Bryaninops erythrops) descansando em cima de corais na Indonésia (Foto: Barcroft Media)
Criaturas do Mar
O ice-fish da Antártica, passam a vida inteira com a aparência transparente (Foto: Barcroft Media)
Criaturas do Mar
Acima, a foto da parte de baixo de um Hyalinobatrachium, mostrando sua pele transparente e órgãos internos na Floresta Amazônica do Equador (Foto: Barcroft Media)

Fotos Águas viva do Ártico

Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
Águas viva do Artico
www.megatimes.com.br

AS MAIS BELA PAISAGENS DO PLANETA

Mundo Natural - As Mais Bela Paisagens do Planeta

MUNDO NATURAL - AS MAIS BELA PAISAGENS DO PLANETA
Montanhas Nevadas
Cerejeira no Inveno
Farol no Crepúsculo
Jardim
Primavera nas montanhas
Criança no Jardim
Lago nos AlpesMontes floridos
Montes tropicais
Floresta Temperada
Monte Fuji no Japão
árvore
Cachoeira Tropical
monte nevado
floresta
Raios de sol no Bosque
Lago nos montes Nevados
Onda no MarBela paisagem interiorana
Bosque
Rodovia no Bosque
Picos Nevados
Floresta no Canadá
Lago e pescador
Floresta e vista da cidade
Macchu Picchu
Campos Limpos
Lago no Jardim
Campos selvagens
Lago e pico nevado
Zona rural na Itália
Montes e Campos na Europa
Campos Verdes
Estrada nos Andes
Corais de Recifes no Pacífico
Bosque
Lago na Suiça
Lindo Bosque
Ilha Artificial
cachoeiraFarol no Mar
Linda cachoeira
Lago no Bosque
mar
Interior da Itália
Plantação de rigo
Rio canadenseMontes canadenseLinda cachoeira
Floresta e rio Canadense
Bosque urbano
Mar revolto
Montanhas rochosas e rio americano
Neve nas montanhas
Casa no bosque
Nascente de rio no bosque
www.megatimes.com.br