Tucunaré (Cichla ocellaris)


Tucunaré (Cichla ocellaris)


Tucunaré (Cichla ocellaris)

Características: peixe de escamas com corpo alongado e um pouco comprimido. Existem pelo menos 14 espécies de tucunarés na Amazônia, sendo cinco espécies descritas: Cichla ocellaris, C. temensis, C. monoculus, C. orinocensis e C. intermedia . O tamanho (exemplares adultos podem medir 30cm ou mais de 1m de comprimento total), o colorido (pode ser amarelado, esverdeado, avermelhado, azulado, quase preto etc.), e a forma e número de manchas (podem ser grandes, pretas e verticais; ou pintas brancas distribuídas regularmente pelo corpo e nadadeiras etc) variam bastante de espécie para espécie. Todos os tucunarés apresentam uma mancha redonda (ocelo) no pedúnculo caudal. Carne muito apreciada.

Tucunaré (Cichla ocellaris)Habitat: açudes, represas, rios e tanques de piscicultura.

Ocorrência: de origem amazônica, está disseminado pelas regiões sudeste. Centro-oeste e nordeste do Brasil.

Hábitos: rápido, agressivo, forte e até estúpido. Sedentários (não realizam migrações). Têm hábitos diurnos.

Alimentação: carnívoro. Alimentam-se principalmente de peixes e camarões. Perseguem a presa, ou seja, após iniciar o ataque, não desistem até conseguir capturá-las.

Reprodução: formam casais e se reproduzem em ambientes lênticos, onde constroem ninhos e cuidam da prole.

Ameaças: pesca predatória, poluição e destruição do habitat.

Tucunaré (Cichla ocellaris)
Tucunaré (Cichla ocellaris)
Tucunaré (Cichla ocellaris)
Tucunaré (Cichla ocellaris)
Tucunaré (Cichla ocellaris)
Tucunaré (Cichla ocellaris)

Fonte: www.megatimes.com.br