TIGRE (Panthera tigris)





O tigre é o maior dos "quatro grandes felinos" do gênero Panthera. A maior subespécie de tigre (tigre-siberiano) é comparada em tamanho aos maiores felinos extintos, atingindo até 3,3 m de comprimento total, chegando a pesar mais de 300 kg, e tendo caninos de até 4 polegadas (10 cm) de comprimento. A subespécie de tigre mais numerosa é o tigre-de-bengala, e a maior subespécie é o tigre-siberiano.

Os tigres podem viver de 10-15 anos na natureza e até 20 anos em cativeiro. São altamente adaptáveis e habitam desde florestas boreais (taiga) siberianas até planícies abertas e manguezais tropicais.

São animais territoriais e geralmente solitários, muitas vezes exigindo grandes áreas contínuas de habitat que suportam sua demanda de presas. Isto, aliado ao fato de que eles são nativos de alguns dos lugares mais densamente povoados do planeta, tem causado conflitos significativos com os humanos. Três das nove subespécies de tigre foram extintas, e as seis subespécies restantes estão classificadas como ameaçadas de extinção, algumas estão criticamente ameaçadas. As principais causas diretas são: a destruição do habitat, fragmentação e caça.

Distribuição e habitat
No passado, os tigres eram encontrados em toda a Ásia, do Cáucaso e o Mar Cáspio até a Sibéria e Indonésia e até mesmo em Bornéu e Palawan, nas Filipinas. Hoje, a área de distribuição do tigre é apenas 7% do que foi no passado.

Durante o século 19, o tigre desapareceu completamente da Ásia ocidental e tornou-se restrito a regiões isoladas nas áreas restantes da sua ocorrência. Hoje, sua área de distribuição é fragmentada, e certas partes degradadas, e se estende da Índia, no oeste, até a China e sudeste da Ásia, no leste. O limite norte é próximo ao rio Amur, no sul da Sibéria oriental. A única grande ilha habitada por tigres hoje é Sumatra. Os tigres desapareceram de Java e Bali, durante o século 20.

Entre os grandes felinos, apenas o tigre e a onça-pintada são fortes nadadores. Os tigres são encontrados frequentemente tomando banho em lagoas, lagos e rios. Durante o calor extremo do dia, muitas vezes se refrescam em piscinas naturais. Os tigres são excelentes nadadores e são capazes de carregar presas pela água.

Características físicas
O padrão de listras de um tigre é único para cada animal, essas marcas únicas podem ser usadas por pesquisadores para identificar indivíduos (tanto na natureza quanto em cativeiro).

Grandes tigres-siberianos machos (Panthera tigris altaica) podem atingir um comprimento total de mais de 3 m e pesar mais de 300 kg. Isto é consideravelmente maior que o tamanho dos tigres que habitam a ilha de Sumatra, a menor subespécie existente, pesando apenas 75-140 kg. Dependendo da subespécie o tigre pode medir entre 1,4-2,8 m de comprimento (cabeça-corpo),  e a cauda mais 0,6-1,1 m.

As fêmeas são menores do que os machos em cada subespécie. O crânio do tigre é muito semelhante ao do leão. Os tigres têm pupilas redondas e íris amarela (exceto para os olhos azuis dos tigres-brancos).

O tigre podem apresentar algumas variações de cor - veja o tigre-branco, o tigre-branco-neve e o tigre-dourado.

Comportamento
Os tigres são animais essencialmente solitários e territoriais. O tamanho do território de um tigre depende, principalmente, da abundância de presas, e no caso dos tigres machos, o acesso às fêmeas. A tigresa pode ter um território de 20 km2, enquanto o território dos machos são muito maiores, cobrindo 60-100 km2.

A maior taxa de mortalidade (30-35% por ano) entre tigres adultos ocorre em tigres machos jovens que acabaram de sair da sua área natal, em busca de seus próprios territórios. Tigres machos geralmente são mais intolerantes com outros machos nos seus territórios do que as fêmeas são com outras fêmeas. Na maioria das vezes, as disputas territoriais são normalmente resolvidas por displays de intimidação, ao invés de agressão direta. Uma vez que o território esteja estabelecido, um tigre macho pode tolerar um macho subordinado dentro da sua área, desde que eles não vivam em áreas muito próximas. As disputas mais violentas por território tendem a ocorrer entre dois machos, quando uma fêmea está no cio, e pode resultar na morte de um dos machos, embora isto seja uma ocorrência rara.

Para identificar seu território, os machos marcam árvores pulverizando urina e secreções da glândula anal. Como os outros felinos do gênero Panthera, os tigres podem rugir.

Dieta
Na natureza, os tigres geralmente se alimentam de animais de médio/grande porte. Sambar, gaur, chital, barasingha, javali, nilgai e búfalos são presas favoritas do tigre na Índia. Na Sibéria, as principais presas são: wapiti-da-manchúria (subespécie de alce, nativo da Ásia), javalis, cervos, alces e veados. Em Sumatra, sambar, muntjac, javali, e anta-malaia são as principais presas.

Reprodução
O acasalamento dos tigres pode ocorrer durante todo o ano, mas geralmente é mais comum entre novembro e abril. O período de gestação é de 16 semanas e geralmente nascem 3-4 filhotes. A taxa de mortalidade de filhotes de tigre é bastante elevada - cerca de metade não sobrevive mais do que 2 anos de idade.

As fêmeas atingem a maturidade sexual aos 3-4 anos, enquanto os machos aos 4-5 anos.

Subespécies

Existem 9 subespécies de tigre, 3 delas estão extintas. As subespécies sobreviventes são

  •     Panthera tigris corbetti (tigre-da-indochina) - Cambodja, China, Laos, Burma, Tailândia e Vietnã.
  •     Panthera tigris tigris (tigre-de-bengala) - Índia e Bangladesh
  •     Panthera tigris sumatrae (tigre-de-sumatra) - ilha Indonésia de Sumatra
  •     Panthera tigris amoyensis (tigre-do-sul-da-china) - sul da China
  •     Panthera tigris jacksoni (tigre-malaio) - região sul da Península Malaia
  •     Panthera tigris altaica (tigre-siberiano) - está confinado a uma pequena região (Primorsky Krai and Khabarovsk Krai), no extremo leste da Sibéria

As subespécies extintas são
  •     Panthera tigris balica (tigre-de-bali) - era limitado à ilha de Bali
  •     Panthera tigris virgata (tigre-de-cáspio) - era encontrado no Afeganistão, Irã, Iraque, Mongólia, União Soviética e Turquia
  •     Panthera tigris sondaica (tigre-de-java) - era limitado à ilha indonésia de Java



Luciano Mende