ÁREAS VERDES URBANAS

As áreas verdes urbanas  são espaços urbanos com vegetação arbórea que fazem parte dos jardins públicos, as praças, os parques, complexos recreativos e esportivos, cemitérios, entre outros.

Quanto a sua classificação, as área verdes urbanas podem ser:

Urbanas privadas e semi-públicas: Fazem parte desta categoria os jardins residenciais, hortos urbanos, verde semi-público.

Urbanas públicas: Estão inclusas nesta categoria os parques urbanos, as praças, complexos recreativos e esportivos, jardim botânico e zoológico, cemitérios, entre outros.

Sub-Urbanas: Pode-se citar como exemplo nesta categoria o cinturão verde

A arborização urbana, além da função paisagística, proporciona inúmeros benefícios à população, tais como:
  •     Redução da poluição devido aos processos de oxigenação, neutralizando seus efeitos na população;
  •     Diminuição da poluição sonora, reduzindo ruídos das grandes cidades;
  •     Diminui as temperaturas externas, absorvendo parte dos raios solares;
  •     Redução na velocidade dos ventos;
  •     Sombreamento;
  •     Abrigo à fauna existente;
  •     Influencia no balanço hídrico;
  •     Valorização visual e ornamental do espaço urbano;

Para preservar as áreas verdes urbanas e manter um conjunto de árvores vitais e com aspecto visual conservado é necessário manter alguns procedimentos como:
  •    Realizar podas em árvores que possuem galhos, secos, lascados ou podres;
  •    Fazer a extração de árvores que oferecem risco de queda ou problemas fitosanitários que não podem ser reparados;
  •     Substituição das árvores extraídas por novas árvores;
  •     Poda de levantamento de copa;
  •     Evitar e cuidar das possíveis pragas e doenças;
  •     Manter o gramado capinado e fazer a poda das arbustivas;
  •     Diversificar as espécies para plantio e priorizar as espécies nativas;

O uso público das áreas verdes urbanas está relacionado com sua conservação, manutenção e segurança que estes espaços recebem. É papel dos órgãos públicos gerenciarem estas áreas e dever da população mantê-las conservadas.

Ao planejar uma área verde urbana, é de extrema importância analisar as espécies de árvores a serem utilizadas, analisando fatores como adaptabilidade, sobrevivência e o desenvolvimento no local de plantio.