Mostrando postagens com marcador Botânica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Botânica. Mostrar todas as postagens

Cacaueiro (Theobroma cacao)


Cacaueiro (Theobroma cacao)

Cacaueiro (Theobroma cacao)Cacaueiro (Theobroma cacao)Ocorrência: região Amazônica.

Características: espécie com altura entre 4 e 6 m , com tronco de 20 a 30 cm de diâmetro. Folhas simples, pendentes com 15 a 25 cm de comprimento e pecíolo de 1 a 3 cm.

Habitat: mata alta de terra firme.

Propagação: sementes.

Madeira: leve, mole, pouco resistente e pouco durável quando exposta às intempéries.

Cacaueiro (Theobroma cacao)Utilidade: a madeira é utilizada apenas localmente para lenha e carvão. Os frutos são comestíveis, tanto in natura quanto industrializados. In natura, sua polpa é utilizada para o preparo de refrescos, licores e chocolate caseiro. Seu principal valor está nas castanhas (sementes), transformadas industrialmente no chocolate e consumido em todo o mundo. O Brasil é o maior produtor mundial de cacau, o qual é expotado na forma de amêndoas secas.

Florescimento: duas vezes ao ano, porém com maior intensidade nos meses de dezembro a abril.

Frutificação: também ocorre duas vezes ao ano, principalmente no período de abril a setembro.

www.megatimes.com.br
www.geografiatotal.com.br

Seringueria (Hevea brasiliensis)


Seringueria (Hevea brasiliensis)


Seringueria (Hevea brasiliensis)Ocorrência: Região Amazônica. Atualmente é cultivada nos estados do sudeste.

Outros nomes: seringa, seringa verdadeira, cau chu, árvore da borracha, seringueira preta, seringueira branca, seringueira rosada.

Características: espécie semidecídua com 30 a 40 m de altura, de tronco retilíneo e cilíndrico, com 30 a 60 cm de diâmetro. Folhas alternas, compostas, trifoliadas, pecíolo longo com 1 a 5 glândulas salientes na base, folíolos lanceolados e agudos, glabros, com face superior de coloração verde-escuro e inferior acinzentada. Flores creme, unissexuadas. Fruto cápsula do tipo tricoca, que lança longe as sementes lisas e rajadas, nos dias de sol. Um Kg de sementes contém aproximadamente 260 unidades.

Habitat: florestas ombrófilas de terra firme.

Propagação: sementes.

Madeira: branca, leve e quebradiça, de baixa durabilidade.

Utilidade: madeira usada para confecção de táboas, caixotaria e lenha. A sua grande e maior importância está na extração de látex para a indústria da borracha. Os índios costumavam utilizar a mistura de látex fresco com óleo de rícino, como vermífugo. Suas sementes fornecem óleo secativo usado na indústria de tintas e vernizes.

Florescimento: agosto a novembro.

Frutificação: abril a maio.

www.megatimes.com.br
www.geografiatotal.com.br

Jenipapo (Genipa americana) | Fruto do Jenipapeiro

Jenipapo (Genipa americana) | Fruto do Jenipapeiro 

Jenipapo (Genipa americana) | Fruto do Jenipapeiro

Jenipapo (Genipa americana) | Fruto do Jenipapeiro Ocorrência: desde o Amazonas até São Paulo.

Outros nomes: jenipapo, jenipá, jenipapinho, janipaba, janapabeiro, janipapo, janipapeiro.

Características: árvore elegante de médio a grande porte com 8 a 14 m de altura. Copa ramificada e bastante frondosa, com galhos pendentes e fracos. Folhas simples, opostas cruzadas, pecíolos curtos, obovadas até oblongas, ápice afilado ou arredondado, base estreita, sub-coriácea, glabras, com até 35 cm de comprimento. Flores grandes, hermafroditas, na forma de tubos longo, com 5 pétalas, brancas logo que se abrem passando a amareladas, levemente aromáticas, reunidas em grupos terminais axilares, às vezes poucas ou apenas uma flor. Fruto baga, globosa, grande, entre 8 a 12 cm de comprimento e 6 a 9 cm de diâmetro, amarelada quando madura, aromática, com polpa delicada, de coloração vinosa-escura e sabor adocicado, com numerosas sementes pardas e achatadas. Os frutos são dispersos pela fauna silvestre e também pela água dos rios. As sementes medem 0,5 cm e são de coloração marron claro. Um Kg contém entre 14.000 e 20.000 sementes.

Jenipapo (Genipa americana) | Fruto do Jenipapeiro Habitat: em várias formações florestais, principalmente aquelas situadas em várzeas úmidas ou encharcadas, pois vegeta melhor onde há abundância de água no solo.

Propagação: sementes.

Madeira: relativamente pesada, forte, bastante flexível, fácil de trabalhar e de longa durabilidade quando não exposta ao solo e à umidade.

Utilidade: espécie de ampla utilização, tanto pela madeira usada em construção civil e naval, marcenaria, na confecção de estatuetas, gamelas, raquetes, cabos, ferramentas e colheres de pau e extrativos químicos tintoriais empregados em tecidos, artefatos de cerâmica e tatuagem. Os frutos são usados na alimentação humana, no tratamento de anemias, nas fraquezas em geral, do fígado e baço e escorbuto, provocando ligeiro efeito diurético. A raíz é purgativa e a emulsão das sementes piladas constitui um vomitório rápido e energético. Ácido para ser consumido ao natural, mas utilizado como matéria-prima alimentícia de doce, licor, xarope, vinho e quinino.

Florescimento: outubro a dezembro.

Frutificação: janeiro a março.

www.megatimes.com.br
www.geografiatotal.com.br

Oiti (Licania tomentosa) | Características Gerais do Oitizeiro


Oiti (Licania tomentosa) | Características Gerais do Oitizeiro

A árvore Oiti é nativa do Brasil e de ocorrência espontânea entre Piauí e Bahia, o oiti (Licania tomentosa), também chamado oitizeiro ou oiti-da-praia, é uma árvore frondosa, de tronco esguio (atinge até 15m de altura), folhagem densa e perene, da família das crisobalanáceas, a mesma do guajuru ou crisobalano. As flores são inexpressivas, mas as folhas, quando novas, formam uma copa esbranquiçada que lhe confere interesse ornamental. Os frutos, cuja polpa é pegajosa e amarela, são comestíveis mas de cheiro pouco agradável.

Muito rústico, o oiti resiste bem à poluição e por isso sobressai entre as espécies usadas na arborização urbana.
Ocorrência: do Piauí ao norte do Espírito Santo e vale do Rio Doce em Minas Gerais.

Outros nomes: oiti da praia, guaili, oiti cagão, oiti mirim, oitizeiro.

OITI (Licania tomentosa)Características: espécie que atinge altura máxima de 15 m , com tronco de 30 a 50 cm de diâmetro. Copa frondosa e as raízes não são agressivas. As folhas são simples, alternas, elípticas, alongadas, de 7 a 14 cm de comprimento por 3 a 5 cm de largura, pilosas em ambos os lados e de cor verde-clara, quando novas, tornado-se glabras, a pilosidade se destaca quando esfregamos a folha. Quando completamente formadas possuem bordas lisas, superfície lisa e brilhante, cor verde-escura e persistente durante o ano todo. As flores são pequenas e brancas, produzidas em inflorescências (cachos) e resultam na formação de grande quantidade de frutos por planta. Os frutos, quando maduros, apresentam coloração amarela. A planta produz grande quantidade de frutos de tamanho médio, polpa fina, forma ovalada, com cerca de 5 cm de comprimento e a maior parte tomada por um grande caroço bem resistente, que é a semente, envolta em massa amarela, pegajosa e fibrosa, aroma agradável e saborosa. Um Kg de sementes contém aproximadamente 84 unidades.

Habitat: floresta pluvial atlântica.

Propagação: sementes.

Madeira: pesada, dura, resistente, de longa durabilidade.

Utilidade: fornece ótima sombra, devido à sua copa frondosa, sendo por isso perfeita para plantio em praças, jardins, ruas e avenidas, principalmente em regiões litorâneas. F rutos comestíveis, com amêndoas ricas em óleo e muito procurados pela fauna. A madeira é usada para postes, estacas, dormentes e construções civis. Indicada para reflorestamentos mistos de áreas degradadas.

Florescimento: junho a agosto.

Frutificação: janeiro a março.

Do mesmo gênero é a oiticica (Licania rigida), cujo tronco se ramifica logo acima do solo e forma copas de vinte a trinta metros de diâmetro. A oiticica, espontânea no sertão e parte do litoral nordestino, frutifica antes do quinto ano, atinge a maturidade aos dez e pode produzir por mais de cem anos. É importante pelo óleo extraído das sementes, contidas em bagas de 7,5cm de extensão por dois de largura. Rico em iodo, é anticorrosivo, impede a formação de crostas e se usa na produção de borrachas, lonas de freios, tintas e vernizes.

OITI (Licania tomentosa)

Banana | Cachos de Bananas

Maracujá (Passiflora edulis)

Maracujá (Passiflora edulis)

Classificação Científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Passifloraceae
Gênero: Passiflora
Espécie: Passiflora edulis


Maracujá (Passiflora edulis)
Maracujá (Passiflora edulis)
Maracujá (Passiflora edulis)
Maracujá (Passiflora edulis)
Maracujá (Passiflora edulis)
Maracujá (Passiflora edulis)Maracujá (Passiflora edulis)

Informações
  • O Maracujá possui um formato arredondado e sua casca, na fase madura, apresenta-se na cor amarela.. Junto com a polpa, também de cor amarela, encontra-se uma grande quantidade de caroços (sementes).
  • Este fruto é fonte de vitaminas A, C e do complexo B. Além disso, apresenta boa quantidade de sais minerais (ferro, sódio, cálcio e fósforo).
  • Possui propriedades que funcionam como calmante natural no organismo humano.
  • Existem várias espécies de maracujás, porém as mais conhecidas são: maracujá mirim, maracujá melão, maracujá guaçú e maracujá do iguapó.
  • Os maracujás de casca enrugada possuem a polpa mais doce, enquanto os de casca lisa são mais ácidos (azedos).
  • Cada 100 gramas de maracujá apresenta, aproximadamente, 70 calorias.
  • É um fruto que necessita de clima tropical ou subtropical para a sua reprodução adequada.
  • É muito utilizado na fabricação de sucos, xaropes e sorvetes.
  • O Brasil é o maior produtor mundial de maracujás.

Frutas Exóticas e Coloridas

Frutas Exóticas e Coloridas

Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas
Frutas Exóticas e Coloridas