Parque Estadual de Vassununga | São Paulo

Parque Estadual de Vassununga | São Paulo


Localização
Localizado em sua maior parte sobre terrenos da antiga Usina Açucareira Vassununga, o Parque Estadual de Vassununga foi criado em 1970 com a justificativa de se "preservar as maiores e mais belas florestas de jequitibás-vermelhos ainda existentes.

Representa também um dos últimos remanescentes de floresta em latos solo roxo, na região de Ribeirão Preto.

Sua área é constituída de glebas descontínuas:
  • Capão da Várzea, a cerca de 700 metros da margem direita do rio Moji Guaçu.
  • Capetinga Oeste, do lado esquerdo da SP-330 (via Anhanguera), no quilômetro 246.
  • Praxedes.
  • Maravilha, à margem esquerda do rio Moji Guaçu.
  • Capetinga Leste.
  • Pé de Gigante: é a maior delas e a única com vegetação de cerrado, estendendo-se à esquerda da SP-330, dos quilômetros 255 a 258, enquanto seu nome deriva de uma depressão existente em seu interior em forma de um grande pé.
Superfície
1.732 ha.

Jequitibá RosaJequitibá Rosa

Jequitibá de 3.000 anos / Jequitibá Rosa (é a árvore símbolo do Estado de São Paulo), natural da Mata Atlântica do interior, ameaçada de extinção. Por seu porte majestoso e altura de gigante, foi escolhida como a árvore símbolo da fraternidade nacional. A cerca de 80 km de São Paulo, em Santa Rita do Passa Quatro (SP), no km 245 da Rodovia Anhangüera, existe um jequitibá protegido pelo Parque Estadual de Vassununga. É a árvore mais antiga do país (ele já tinha 2500 anos quando o Brasil foi descoberto).

Abriga um grande número de espécies de mamíferos e aves de ambos ecossistemas, como papagaio-de-peito-roxo, juriti-vermelho, pica-pau, bem-te-vi, onça parda, lobo-guará, cotias, pacas, macaco-prego, capivaras, e outros.

www.megatimes.com.br
www.geografiatotal.com.br