Baleia-Franca | Características da Baleia-Franca

Baleia-Franca | Características da Baleia-Franca

Baleia-Franca | Características da Baleia-FrancaA baleia franca é um grande cetáceo, pode chegar a medir 17 m. Seu corpo é negro e arredondado, a cabeça ocupa quase um quarto do corpo. Na grande boca possui cerca de 250 pares de cerdas de barbatanas.

As baleias francas são cetáceos de grande tamanho, podendo atingir, segundo registros históricos, mais de 17 metros de comprimento nas fêmeas e pouco menos nos machos, muito embora participantes da caça à baleia franca no litoral do Estado de Santa Catarina nas décadas de 1950/60 afirmem categoricamente que animais com mais de 18 metros foram capturados nas imediações de Garopaba e Imbituba. O corpo é negro e arredondado, sem aleta dorsal e a cabeça ocupa quase um quarto do comprimento total, nela destacando-se a grande curvatura da boca, que abriga, pendentes, cerca e 250 pares de cerdas da barbatana, que são ásperas e na sua maior extensão negro-oliváceas. O ventre apresenta manchas brancas irregulares. As fêmeas trazem mamilas na região inguinal e glândulas mamárias que podem ser bastante espessas, até cerca de 10cm.

As fêmeas adultas, segundo registros de captura, podem chegar a pesar mais de 60 toneladas, enquanto que para os machos pesos acima de 45 toneladas não são incomuns. A identificação de sexo nas baleias adultas por padrão comportamental é apenas possível no caso de fêmeas adultas acompanhadas de filhotes em suas áreas de reprodução; em outros casos, somente a observação da morfologia da região anogenital é determinante, as fêmeas possuindo fendas mamárias em ambos os lados da fenda genital e os machos apresentando ausência destas fendas e ânus bastante afastado, distinguível, da fenda genital. A camada de gordura que reveste o corpo das baleias francas é notável, podendo chegar a 40cm de largura em alguns pontos. O ventre apresenta manchas brancas irregulares. As fêmeas apresentam mamilas com cerca de 10 cm. Podem chegar a pesar 60 toneladas.

Baleia-Franca

A identificação e diferenciação das baleias francas entre macho e fêmea só é possível através da observação das fêmeas adultas acompanhadas de filhotes. Uma característica da baleia franca é a forma do esguicho em “V”, isso ocorre porque o animal expele o ar muito rapidamente. O som produzido pelo esguicho pode ser ouvido a centenas de metros.

Um diferencial desta espécie de baleia está nas calosidades que se localizam no alto e nas laterais da cabeça, são relativamente macias em fetos e filhotes recém-nascidos. Essas “verrugas” são geralmente acinzentadas ou branco-amareladas.

As três espécies de baleia franca

Gênero Eubalaena:
  • Baleia-franca-austral (E. australis)
  • Baleia-franca-do-atlântico-norte (E. glacialis)
  • Baleia-franca-do-pacífico (E. japonica)
As espécies E. glacialis e E. japonica (baleia-franca-do-atlântico-norte e do-pacífico, respectivamente) aparecem na Lista Vermelha da UICN, ou seja encontram-se em perigo de extinção.

A baleia-franca-austral (Eubalena australis) é considerada pela IUCN como "dependente de conservação", os pesquisadores que trabalham com a espécie acreditam que situação desta baleia também é de perigo de extinção, já que em todo o planeta restam menos de 8.000 indivíduos.

No Brasil, a E. australis consta da Lista Oficial Brasileira de Espécies Ameaçadas de Extinção.

No Brasil há o Projeto Baleia Franca, em 1995 o Governo de Santa Catarina declarou que a espécie é um Monumento Natural Estadual. Este projeto luta para que haja uma Área de Proteção Ambiental da Baleia-Franca.

Este projeto protege uma das maiores áreas de reprodução da baleia franca, a costa entre Florianópolis e o cabo de Santa Marta, no município de Laguna.

www.megatimes.com.br