Gestão Ambiental na Empresa (ISO 14000)

Gestão Ambiental na Empresa (ISO 14000)

Gestão Ambiental na Empresa (ISO 14000)“Nos anos 80, na Alemanha Ocidental, muitas empresas começaram a verificar que as despesas realizadas com a proteção ambiental podem paradoxalmente transformar-se numa vantagem competitiva. Assim, segundo BAUM , destacam-se como motivações para a proteção ambiental na empresa: sentido de responsabilidade ecológica, requisitos legais, salvaguarda da empresa, imagem, proteção do pessoal, pressão do mercado, qualidade de vida e lucro.“

Em 1990, a Câmara de Comércio Internacional reconhecendo que a proteção ambiental se inclui entre as principais prioridades a serem buscadas por qualquer tipo de negócio definiu 16 princípios de gestão ambiental, são eles:

1. Prioridade organizacional da questão ambiental da empresa.

2. Gestão integrada entre políticas, programas e práticas ambientais.

3. Processo de melhoria das políticas corporativas, programas e perfomance ambiental.

4. Educação do pessoal para uma atuação responsável em relação ao meio ambiente.

5. Prioridade de enfoque considerando as repercussões ambientais antes do início de nova atividade, projeto, equipamento ou instalações bem como ao abandonar alguma unidade produtiva.

6. Produtos e serviços que não sejam agressivos ao ambiente e que sejam seguros para sua utilização e consumo e que sejam eficientes.

7. Orientação ao consumidor e colaboradores, quando necessário, sobre o correto e seguro uso, transporte, armazenagem e descarte dos produtos.

8. Equipamentos e operacionalização visando a eco-eficiência e a minimização dos impactos negativos ao ambiente.

9. Conduzir ou apoiar projetos de pesquisas que estudem os impactos ambientais visando sua minimização.

10. Modificar a manufatura e uso de produtos, serviços ou processos produtivos, visando prevenir as sérias e irreversíveis degradações do meio ambiente.

11. Promover a adoção dos princípios ambientais da empresa junto dos subcontratados e fornecedores, encorajando e assegurando, sempre que possível, melhoramentos em suas atividades, de modo que elas sejam uma extensão das normas utilizadas pela empresa.

12. Desenvolver e manter, nas áreas de risco potencial, planos de emergência idealizado em conjunto entre os setores da empresa envolvidos, os órgãos governamentais e a comunidade local, reconhecendo a repercussão de eventuais acidentes.

13. Contribuir na disseminação e transferência das tecnologias e métodos de gestão que sejam amigáveis aos setores privado e público.

14. Contribuir no desenvolvimento de políticas públicas e privadas de programas governamentais e iniciativas educacionais que visem à preservação do meio ambiente.

15. Propiciar transparência e diálogo com a comunidade interna e externa, antecipando e respondendo a suas preocupações em relação aos riscos potenciais e impacto das operações, produtos e resíduos.

16. Medir a perfomance ambiental. Conduzir auditorias ambientais regulares e averiguar se os padrões da empresa cumpre os valores estabelecidos na legislação. Prover periodicamente informações apropriadas para a alta administração, acionistas, empregados, autoridades e público em geral.

O que é Gestão Ambiental
Gestão ambiental é um sistema de administração empresarial que dá ênfase na sustentabilidade. Desta forma, a gestão ambiental visa o uso de práticas e métodos administrativos que reduzir ao máximo o impacto ambiental das atividades econômicas nos recursos da natureza.

Métodos e objetivos principais da gestão ambiental:
  • Uso de recursos naturais de forma racional.
  • Aplicação de métodos que visem a manutenção da biodiversidade.
  • Adoção de sistemas de reciclagem de resíduos sólidos.
  • Utilização sustentável de recursos naturais.
  • Tratamento e reutilização da água e outros recursos naturais dentro do processo produtivo.
  • Criação de produtos que provoquem o mínimo possível de impacto ambiental.
  • Uso de sistemas que garantam a não poluição ambiental. Exemplo: sistema carbono zero.
  • Treinamento de funcionários para que conheçam o sistema de sustentabilidade da empresa, sua importância e formas de colaboração.
  • Criação de programas de pós-consumo para retirar do meio ambiente os produtos, ou partes deles, que possam contaminar o solo, rios, etc. Exemplo: recolhimento e tratamento de pneus usados, pilhas, baterias de telefones celulares, peças de computador, etc.
Importância para as empresas
A adoção de gestão ambiental é importante para uma empresa por diversos motivos. Em primeiro lugar porque ela associa sua imagem ao da preservação ambiental, melhorando no mercado as imagens das marcas de seus produtos. Empresas que adotam este sistema conseguem reduzir seus custos, evitando desperdícios e reutilizando materiais que antes eram descartados. Empresas com gestão ambiental melhoram suas relações comerciais com outras empresas que também seguem estes princípios.

ISO 14000
O ISO 14000 é um conjunto de normas técnicas e administrativas que estabelece parâmetros e diretrizes para a gestão ambiental para as empresas dos setores privado e público. Estas normas foram criadas pela International Organization for Standardization - ISO (Organização Internacional para Padronização).

www.megatimes.com.br