Piau Flamengo (Leporinus affinis)

Piau Flamengo (Leporinus affinis)

Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Família: Anostomidae
Espécie: Leporinus affinis
Nome popular: Piau-flamengo

A família Anostomidae é um grupo de peixes da ordem Characiformes, composto por cerca de 135 espécies restritas à américa do Sul e com representantes em todas as bacias hidrográficas do Brasil. Conhecidos popularmente como piaus, esse grupo de peixes tem elevada importância comercial. Algumas espécies alcançam até cerca de 40 cm de comprimento e mais de 3 quilos.

Porte: alcança cerca de 30 cm de comprimento.

Características taxonômicas: apresenta coloração amarelo-avermelhada com faixas escuras ao longo do corpo e avermelhado sob a cabeça.

Habitat: muito comum nos remansos dos rios e córregos de maior volume de água e nos lagos. Ocorre geralmente nas proximidades de galhos e troncos submersos ou rochas onde obtém seu alimento.

Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Dieta alimentar: Essa espécie é basicamente herbívora, ingerindo preferencialmente algas e vegetais superiores aquáticos, além de frutos e sementes.

Reprodução: a reprodução da espécie ocorre entre novembro e fevereiro.

Importância comercial: Por ter uma carne saborosa, o piau-flamengo, tem grande valor comercial, podendo ser encontrado para a venda em feiras livres e peixarias. Em função de sua coloração, essa espécie, é também, capturada para o aquarismo.


Características: peixe de escamas importantes para a pesca de subsistência e para o comércio, mercados e feiras. Corpo alongado e fusiforme, boca pequena e dentes incisivos. Coloração do corpo amarelada, com 8 a 9 faixas escuras transversais sobre o corpo com três faixas na cabeça. A região inferior da cabeça é geralmente avermelhada e as nadadeiras são amareladas. Alcançam cerca de 30 cm de comprimento total.

Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Piau Flamengo (Leporinus affinis)
Habitat: margens de rios, em locais com fundo arenoso e com pedras.

Ocorrência: bacia Amazônica e Araguaia-Tocantins.

Hábitos: são muito ariscos.

Alimentação: onívora, com tendência a carnívora, consumindo principalmente invertebrados (insetos).

Ameaças:
pesca predatória, poluição e destruição do habitat.

www.megatimes.com.br