Beladona (Atropa belladonna)

Beladona (Atropa belladonna)

Beladona (Atropa belladonna)

Beladona (Atropa belladonna) é uma planta vivaz (seu ciclo se prolonga durante mais de dois anos), pertencente à família das solanáceas, que pode atingir um metro e meio de altura. Já foi conhecida também como melanocéraso. Seu caule é muito ramificado e algo lenhoso na base. As folhas são grandes, ovaladas e dotadas de pecíolo (hastes que as unem ao caule); e as flores, campanulares em sua forma, têm cor violácea por fora e por dentro. Os frutos são bagas carnosas de cor negra, com sementes rodeadas de polpa. De várias partes da planta extraem-se substâncias de uso médico, como sedativos e antiespasmódicos, a exemplo da atropina, da hioscina ou da hiosciamina.

Uma das plantas cujo uso farmacêutico foi muito difundido a beladona, portadora de diversas substâncias e princípios ativos de uso terapêutico.

A beladona ocorre em estado silvestre em vastas regiões do centro e do sul da Europa e da Ásia. Para se desenvolver necessita de solos calcários e ricos em compostos nitrogenados. O fim do verão é a época em que a concentração de alcaloides atinge o nível máximo.