Saracura Três-Potes (Aramides cajanea)

Saracura Três-Potes (Aramides cajanea)

Saracura Três-Potes (Aramides cajanea)Família: Rallidae
Espécie: Aramides cajanea
Comprimento: 39 cm.


A Saracura Três-Potes (Aramides cajanea) está presente em todo o Brasil. Encontrada também do México à Argentina e Uruguai. Ave difícil de ser observada, mas seu canto pode ser ouvido com frequência. Comum em pântanos com vegetação alta, manguezais, margens de rios, lagos e igarapés, florestas altas e úmidas, às vezes longe da água. Vive normalmente solitária ou, com menor freqüência, aos pares ou formando pequenos grupos. É parcialmente noturna. Gosta de alimentar-se de caranguejos. Passa a maior parte do tempo no chão, sendo eventualmente encontrada em arbustos. Faz ninho de gravetos, em forma de tigela funda, a uma altura variável entre 1 e 7 m, em emaranhados de cipós ou arbustos. Põe de 3 a 7 ovos de cor creme, pintados e manchados de marrom. O nome popular três-potes é onomatopéico, imitando o som natural do canto da espécie. Conhecida também como saracura-grande, saracura-do-brejo, sericóia (Espírito Santo e Amazônia), chiricote e três-potes (Bahia).

Saracura Três-Potes (Aramides cajanea)

www.klimanaturali.org
www.megatimes.com.br